+ dicas de como chegar ao orgasmo

18/02/2013 00:17

 

 

Passos para chegar lá, as melhores posições sexuais para seu prazer, sexo no cinema e muito mais!

• Êxtase clitoriano 

 

Se existisse um GPS localizador de orgasmo, ele diria que a via mais curta e certeira é a pequena saliência no local em que seus grandes lábios formam um V, bem na frente da vagina. Ou seja, o clitóris. Ali há mais terminações nervosas do que qualquer parte do corpo - cerca de 6 mil. 
Receita de prazer 
Peça ao seu namorado que acaricie devagarinho as áreas próximas ao clitóris e vá se aproximando da sua pérola do prazer sem perder o ritmo. Chegou ao xis da questão? Enquanto estimula o clitóris para cima e para baixo com os dedos anular e médio de uma mão, a outra toca o bumbum e o ânus (sem penetração). O movimento deve ser rápido e suave. A parte dois: escrever, usando a língua, o seu nome inteiro ali. Durante essa provocação intensa, que tal sentar-se no rosto dele? Prepare-se para sentir o corpo inteiro dar choques de tanto desejo.

 

• Encanto vaginal 

Responda rápido: qual é o sonho de consumo de 11 entre dez mulheres? Alcançar o orgasmo pela penetração. Se esse é o seu drama, pode arrumar outro motivo para reclamar da vida! 
Receita de prazer 
A primeira tática é investir nos estímulos clitorianos, mas atrasando o clímax ao máximo. Para isso, diminua o ritmo da excitação ou troque de posição. Assim, ficará cada vez mais envolvida por uma atmosfera libidinosa (e entrar no clima de tesão é uma das premissas para um orgasmo inesquecível). Não aguenta mais de desejo? Hora de o pênis entrar em ação. A missão do menino dele é fazer uma exploração digna de Indiana Jones e encontrar uma destas três regiões de prazer, localizadas na parede vaginal: o ponto G (bem atrás do osso púbico), a zona AFE (área esponjosa perto do colo do útero) e o ponto A (um pouco acima do ponto G, na parede frontal, quase em frente ao colo do útero). E a posição aliada para essa missão é a cachorrinho. Sim, você tem três chances de chegar lá. Aproveite!

 

 

• Festa no lado B 
O grande trunfo da penetração anal é a intensa fricção. Tal território também rende um clímax divinal por uma razão psicológica. Satisfazer esse desejo quase proibido é um estímulo e tanto. 
Receita de prazer 
A regra básica é: relax, baby. Seu gato ajuda você nisso tocando os músculos da região lentamente. Ele pode fazer uma massagem no canal retal e abri-lo com um dedo e, em seguida, com mais um. Para ajudar na penetração, lubrificante à base de água. 

 

•Sensações múltiplas 

O que é bom não deve durar pouco, concorda? Em vez de se contentar com um simples orgasmo de quatro a oito segundos, você pode chegar a 20 segundos (ou mais) de prazer. Essa maravilha acontece quando, depois do primeiro clímax, a contração do útero e a dos músculos da vagina, além das outras sensações orgásticas, se repetem várias vezes seguidas. 
Receita de prazer 
Para um prazer múltiplo, múltiplos estímulos! Durante a penetração, contraia os músculos da vagina a fim de prender e soltar o pênis lá dentro. Também dê um empurrãozinho no seu deleite tocando o clitóris com movimentos contínuos e circulares. E peça ao seu amor que estimule o ânus. Tudo-ao-mesmo-tempo-agora. E não pare diante do primeiro sinal de êxtase!

 

• Juntinho com ele 


No orgasmo simultâneo, tudo acontece de forma perfeita: você chega lá e ele também. E ao mesmo tempo. Que conexão... 

Receita de prazer 
Para alcançar tamanha sincronia, a regra de ouro é deixar que seu homem dite o ritmo da transa. Assim, ele consegue controlar a ejaculação mais facilmente. E, quando você estiver chegando lá, ele pode rapidamente entrar na mesma sintonia. Outro segredo das duplas que atingem esse grau de evolução sexual é falar durante as carícias, deixando claro em que estágio estão. Sugestões: ''Falta pouco!'', ''Não para, não para!''